criminosos-se-aproveitam-do-baixo-efetivo-da-3o-regional-da-serra-para-furtar-veiculos-apreendidos

A ação aconteceu na madrugada desta terça-feira (03) em um terreno próximo a unidade de policia judiciária de Laranjeiras, na Serra, que fica em frente ao Terminal Rodoviário. Com os detidos foram encontrados faróis, lanternas, alto-falante, bateria e até um capo de carro.  

O terreno onde estão os veículos apreendidos foi cedido pela prefeitura da cidade a mais ou menos um ano e não possuí as condições mínimas para garantir a preservação dos veículos como cercas de segurança.  

Mesmo com o aumento do registro de ocorrências referentes a furtos e roubos, hoje, a DP conta em média com quatro policiais por plantão. Um número insuficiente que já se tornou, infelizmente, comum em todo o Estado.

A precariedade do pátio de veículos do DPJ de Laranjeiras não é uma exceção.

Em diversas inspeções realizadas pela diretoria do Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES) foram encontrados pátios com superlotação, expostos a riscos de incêndio, proliferação de doenças como a dengue, esconderijo de criminosos, entre outros.  

Durante uma das inspeções, a diretoria do Sindipol/ES denunciou as péssimas condições do pátio de Alterosas que também fica na Serra.

Foram encontrados em uma área de mais 135.000 m² cerca de 10 mil veículos amontoados, com o tanque cheio de combustíveis e um potencial enorme de incêndio. Veja matéria

Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES.
Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES.

“Os furtos dos veículos apreendidos e a situação não só do pátio de Laranjeiras, mas também de Guarapari, Cariacica e Linhares onde os veículos apreendidos ficam nas ruas próximas as unidades é reflexo das medidas paliativas tomadas por parte do Estado e só ira mudar diante de uma política efetiva que realmente invista em segurança pública”, disse Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES.

(Foto de capa: G1/ES)

 

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS