decreto-que-concede-adicional-de-insalubridade-aos-policiais-civis-lotados-na-superintendencia-de-policia-tecnico-cientifica-e-publicado

A publicação do Decreto é resultado das diversas reivindicações realizadas pela atual diretoria do Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES). Profissionais da SPTC terão de 20 a 40% adicional.

Na última sexta-feira (06), foi publicado pelo Governo do Espírito Santo o Decreto Nº 4276-R que concede o pagamento do adicional de insalubridade aos policiais civis lotados na Superintendência de Polícia Técnico-Científica – SPTC da PC/ES. Veja a publicação

Com isso, será concedido o pagamento do adicional de insalubridade que irá variar entre 20% e 40% de acordo com o grau de insalubridade a que o servidor estiver exposto. O grau de classificação será mediante laudo médico oficial. O pagamento do adicional de insalubridade aos policiais civis lotados nos DML´S e SML´S sempre foi pauta permanente da luta do Sindipol/ES. Veja aqui

Durante as inspeções realizadas em todo o Estado o sindicato também cobrou a extensão do adicional de insalubridade aos policiais civis que exerçam a sua função em delegacias com ambientes totalmente insalubres.

Em outro momento, após o Governo enviar a Assembleia um projeto concedendo somente o pagamento de insalubridade aos servidores lotados no Departamento Médico Leal (DML) de Vitória, os deputados atenderam a reinvindicação do Sindipol/ES e estenderam o adicional de insalubridade aos policiais dos SML’s de Cachoeiro de Itapemirim, Colatina e Linhares. Veja a matéria

O presidente do Sindipol/ES, Jorge Emílio Leal, ressaltou que a publicação do Decreto Nº 4276-R é resultado da constante luta por toda categoria policial civil capixaba.

Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES
Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES

“Alo longo dos últimos meses nós temos protocolado na justiça e encaminhado ofícios as autoridades competentes reivindicando o pagamento do adicional de insalubridade a todos os policiais civis que estão exercendo a sua função em ambiente nocivo a sua saúde. No entanto, entendemos que a publicação do Decreto é uma importante vitória para toda a categoria e um sinal que estamos no caminho certo para garantir que todos os direitos e prerrogativas da categoria policial civil sejam respeitados”, disse o presidente.

 

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS!!!