perfil-do-sindicalizado-investigador-aposentado-alcir-figueiredo-cajueiro

São 43 anos de polícia e muita história pra contar. Alcir Figueiredo Cajueiro ou Carioca é o personagem de hoje da série perfil do sindicalizado.

Diariamente o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES) recebe a visita dos seus sindicalizados que veem ao sindicato procurar por atendimento, se atualizar sobre as ações jurídicas e reencontrar os amigos de profissão. Na última segunda-feira (09) não foi diferente. 

O Sindipol/ES recebeu a visita do ilustre Investigador de Classe Especial aposentado, Alcir Cajueiro, que  foi acompanhada por Jorge Emílio Leal, presidente do sindicato.

“Carioca é um grande amigo, companheiro de luta que sempre trabalhou com muita dedicação e afinco na instituição policial civil e desempenhou um bom trabalho em defesa da sociedade capixaba. Ao longo do tempo que trabalhou foi muito querido por todos e fez muitas amizades, inclusive comigo na Superintendência de Polícia Prisional”, disse o presidente do Sindipol/ES.

Aposentado há quatro anos, o investigador foi chefe de investigação durante sete anos do antigo Serviço de Rádio de Comunicação (Sercom) da Polícia Civil e da Delegacia de Ordem Política e Social do Estado do Espírito Santo (DOPS/ES).

O nobre sindicalizado também passou pela Delegacia de Defraudações e Falsificações, Furtos e Roubos de Veículos e a 19ª Regional de Novo México em Vila Velha.

Durante a visita, o nobre investigador reencontrou com os velhos amigos, relembrou dos anos que fez parte da diretoria do Sindipol/ES e também dos diversos casos emblemáticos que participou na defesa da sociedade capixaba.

Entre as várias operações importantes, o investigador destacou as operações em que chefiou as investigações no período da ditadura militar por meio da Delegacia de Ordem Política e Social do Estado (DOPS/ES).

 

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS