sindipoles-faz-nova-inspecao-na-3o-regional-de-serra

A delegacia se tornou depósito de veículos apreendidos. Além disso, a inspeção sindical constatou que faltam policiais para trabalhar na unidade que é uma das mais importantes do município que mais registra mortes violentas no Espírito Santo.

A delegacia regional de Serra fica em Laranjeiras. Registrou aproximadamente 41 mil boletins de ocorrência em 2017. Porém, a unidade conta apenas com uma equipe de três a quatro policiais por plantão, número que não é suficiente para atender tantos crimes, de acordo com o sindicato. Durante a inspeção, o Sindipol/ES também registrou a falta de estrutura de trabalho para os policiais e encontrou uma viatura com a maçaneta quebrada.

Segundo o levantamento feito pelo Sindipol/ES, a 3º Regional de Serra atender crimes registrados em André Carlone e na Serra Sede, além de receber demandas de todo o município à noite, já que funciona em regime de plantão 24h.

“Lamentamos ver a situação da delegacia e as péssimas condições de trabalho dos policiais. Enquanto não acontecer investimentos em infraestrutura e que valorizem nossos policiais, o que a Polícia Civil faz, não só na Serra, é fingir que está colaborando para o sistema de segurança pública do estado”, explicou Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES.

DELEGACIA VIRA DEPÓSITO DE CARROS APREENDIDOS

Veículos apreendidos pela Polícia Militar, pelas equipes da 3º Regional e por policiais civis da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes lotam a delegacia de Laranjeiras. São dezenas de motos e carros que estão se deteriorando com o tempo. O Sindicato já denunciou a situação por diversas vezes, mas nada mudou.

A situação ficou insustentável. Os veículos apreendidos ocupam lugar de viaturas e ficam na calçada atrapalhando a mobilidade de pedestres. Um terreno ao lado do terminal de Laranjeiras foi cedido para servir de depósito, mas já não suporta tantos automóveis.

Durante a inspeção sindical, o presidente do Sindipol/ES constatou que peças dos veículos que foram recuperados pela Polícia estão sendo roubadas por criminosos. Os veículos apreendidos também estão servindo de moradia para moradores de rua.

O presidente do Sindipol/ES, Jorge Emílio Leal, durante a inspeção sindical.
O presidente do Sindipol/ES, Jorge Emílio Leal, durante a inspeção sindical.

“Na visão do Sindipol/ES é inadmissível que veículos recuperados sejam roubados na frente de uma delegacia. É uma afronta a segurança pública e a toda sociedade. A situação da 3º Regional de Serra é reflexo das políticas públicas paliativas no âmbito da segurança no Espírito Santo. Lamentamos”, acrescentou Jorge Emilio Leal.

 

Veja as fotos da inspeção.

 

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS!!!