delegacia-regional-de-vila-velha-volta-a-funcionar-depois-de-reforma

A reforma da 2ª Delegacia Regional foi um pedido do Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES). Foram dois anos de obras e de cobranças por parte do sindicato e a unidade foi reaberta para atender a população na última terça-feira (24).

A 2º Delegacia Regional de Vila Velha está de cara nova e completamente diferente da unidade que o Sindipol/ES inspecionou em 2016. A delegacia foi totalmente repaginada. Ganhou uma nova fachada e mais espaço para guardar veículos oficiais e materiais apreendidos, além de uma infraestrutura que agora oferece condições dignas de trabalho aos policiais civis. No espaço, também vai funcionar o plantão 24 horas na cidade.

“Estamos satisfeitos com o que encontramos e mais ainda de saber que a Chefia de Polícia entendeu a gravidade da situação e reformou a delegacia depois que pedimos. A Regional de Vila Velha está bem diferente. Pode servir de modelo para outras unidades policiais que estão em péssimas condições”, explicou Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES.

Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES
Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES

 

DELEGACIA FOI REFORMADA DEPOIS DE PEDIDO DO SINDIPOL/ES

Em 2016, em pleno carnaval o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo inspecionou a delegacia e encontrou uma unidade completamente abandonada, começando pelo número de policiais. No primeiro dia de folia, a delegacia que atende o segundo município mais populoso da Região Metropolitana, de acordo dados do IBGE, estava funcionando sem delegado e com apenas dois policiais e um escrivão.

Ainda em 2016, o Sindipol/ES registrou a delegacia sem porta de entrada. A porta, que é um patrimônio público, foi retirada a pedido de um delegado por causa do barulho que fazia. O espaço também apresentava infiltrações, paredes mofadas e não tinha condições mínimas de trabalho para os policiais.

Após o pedido do Sindipol/ES à Chefia de Polícia, a primeira intervenção foi colocar a porta no lugar e a segunda paralisar as atividades na delegacia para iniciar a reforma. Durante as obras, o expediente da Delegacia Regional foi transferido para a delegacia de Cobilândia.

Para o Sindipol/ES, a reforma da 2º Regional de Vila Velha é apenas o começo de uma realidade que precisa mudar no estado. O Sindicato espera que, definitivamente, políticas públicas estruturantes sejam colocadas em prática.

“Temos dezenas de delegacias de Norte a Sul do estado em condições até piores. São unidades que necessitam urgente de reformas ou, até mesmo, precisam mudar de endereço. Além das condições físicas das delegacias, o Governo tem que abrir concurso público para recompor o efetivo que está defasado em mais de 60%. Chega de políticas paliativas que só mascaram o problema que é grave”, pontuou o presidente do sindicato.

Como legítima organização sindical que representa toda categoria, o Sindipol/ES segue na luta por valorização, reconhecimento e melhores condições de trabalho para os policiais civis capixabas.

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS!!!