no-brasil-85-das-delegacias-nao-possuem-policiais-suficientes

A instituição que deveria socorrer a população é hoje quem pede socorro. A Polícia Civil brasileira está sucateada. O Espírito Santo é o segundo estado do país em que mais faltam servidores nas delegacias. Os dados foram divulgados pela Globo News através de um levantamento feito pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Em solo capixaba, segundo a pesquisa, 96,2% das unidades policiais não tem o efetivo suficiente. Há anos o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES) vem denunciado a situação. No início do ano, o CNMP divulgou um estudo e revelou que o Espírito Santo possui 134 delegacias, mas apenas sete contam com o número suficiente de policiais para trabalhar. Além disso, das 134 delegacias, apenas 26 ficam abertas 24 horas, com policiais de plantão.

O levantamento traz ainda que, em 72% das delegacias do país existem inquéritos tramitando há mais de dois anos, quando o prazo médio deveria ser de 30 dias.

Em 109 das 134 delegacias capixabas visitadas pelo Conselho Nacional do Ministério Público existem Inquéritos policiais em tramitação há mais de dois anos. Além disso, de acordo com o CNMP, em pelo menos 69 Delegacias foram encontradas ocorrências investigadas sem instauração de Inquéritos Policiais ou Termos Circunstanciados, o que é contra a lei. O Espírito Santo tem a pior posição entre os estados do Sudeste neste item, com 51,49% de investigações sem Inquéritos ou Termos Circunstanciados. Saiba mais.

 “Isso é um absurdo. Temos denunciado há anos a situação de colapso que passam os policiais civis. Falta de tudo. Desde recursos materiais a humanos. Precisamos de concursos públicos e delegacias com condições dignas de trabalho. Hoje, não existem condições mínimas de trabalho para os policiais. Precisamos de uma política de Estado realmente estruturante, antes que a polícia civil tenha que fechar as portas de vez”, disse o presidente do Sindipol/ES, Jorge Emílio Leal.

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS