ato-filantropico-e-humanitario-doacao-de-medula-e-sangue

O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES), na certeza do espírito de solidariedade de todos, solicita doação de medula óssea e sangue B- ou O- para Carlos Victor Reisen Caus. As doações podem ser feitas no Hemoes.

Diagnosticado com leucemia aos 11 meses, o pequeno Carlos Victor é torcedor do Rio Branco e esteve na sede recreativa do Sindipol/ES acompanhando os treinos do capa-preta. Hoje com dois anos de vida, Victor encontrou ajuda nos jogadores  que se uniram e estão fazendo o cadastro no Centro de Hemoterapia e Hematologia do ES (Hemoes) para saber se a medula é compatível com a do pequeno torcedor.

Mas a ligação entre Victor e o clube não para por aí. É que o segundo nome do pequeno torcedor  foi uma homenagem dada pelo seu pai ao ex-goleiro do time, Paulo Victor. Além disso, ele nasceu no dia 28 de outubro de 2016 e no dia seguinte o Rio Branco conquistou pela primeira vez o título de campeão  da Copa Espírito Santo.

“A doação é muito além de um ato voluntário. Ela é um ato humanitário e de amor, capaz de salvar muitas vidas como a do pequeno Carlos Victor”, disse o presidente do sindipol/ES, Jorge Emílio Leal.

Doação:
Medula óssea e sangue B- ou O-
Local: qualquer hemoes do Espírito Santo
As doações duram até 10 minutos e podem ajudar no tratamento do Carlos Victor

Foto e informações: G1/ES e divulgação/TV Gazeta

 

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS