sindipoles-participa-de-ciclo-de-debate-sobre-seguranca-publica-em-sao-paulo

Na última terça-feira (26), o presidente do Sindipol/ES Jorge Emílio Leal, esteve presente no Ciclo de Debates na Assembleia Legislativa de São Paulo sobre “A integração das polícias e a importância das organizações de classe neste contexto”. O evento foi promovido pelo Sindicato dos Investigadores de Polícia do Estado de São Paulo (SIPESP).

O Ciclo teve como objetivo debater o futuro das polícias, a importância da integração e da troca de informações para atingir o fortalecimento da categoria. Estiveram presentes, além do Sindipol/ES, autoridades e representantes sindicais da segurança pública de São Paulo, Brasília, Minas Gerais, deputados e policiais civis.

ciclo palestra SP turma

A programação contou com o deputado estadual, Carlos Giannazi (PSOL), que fez um alerta sobre o perigo da reforma da previdência para os policiais. Segundo o deputado, a reforma, vai dificultar o acesso e retirar a aposentadoria especial de todas as categorias.

Ainda palestraram, o presidente do SIPESP, João Batista Rebouças da Silva Neto, o Comandante do Policiamento da Capital, Francisco Cangerana Neto e o inspetor superintendente da Guarda Civil Metropolitana, Adelson Souza, que salientaram urgência na integração das polícias contra o crime organizado e a importância da troca de informações e experiência entre as polícias.WhatsApp Image 2019-02-28 at 15.26.42

Alex Galvão, presidente do Sinpol/DF e vice-presidente da Cobrapol, também foi um dos palestrantes e ressaltou durante a atuação das forças sindicais na defesa da categoria e o seu papel em pensar soluções para a sociedade como um todo.

O presidente do Sindipol/ES e especialista em segurança pública, Jorge Emílio Leal, destacou a importância da união das forças de segurança.

“A situação hoje é grave e nós precisamos estar juntos e caminhar lado a lado para lutar contra a retirada dos direitos trabalhistas, previdenciários e conseguirmos alcançar melhores condições para toda a categoria. A integração das polícias amadurece a ideia de uma política de segurança coerente e eficaz. Parabéns a SIPESP, pela iniciativa em promover essa discussão tão importante para a categoria”, disse o presidente.

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS