7-de-abril-dia-do-medico-legista

No último domingo (07), foi celebrado em todo território nacional, o Dia do Médico Legista. O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES) parabeniza a todos esses profissionais por toda sua garra e dedicação no serviço prestado a sociedade capixaba.

“Hoje, os médicos legistas, assim como os auxiliares de perícia, trabalham em condições totalmente insalubres e correm diariamente o risco de pegar alguma doença ou infecção. Mesmo assim, esses valorosos profissionais continuam se doando e exercendo um excelente papel em prol da sociedade capixaba”, disse o presidente do Sindipol/ES, Jorge Emílio Leal.

Origem do dia

A data foi escolhida para homenagear estes profissionais porque em 1886 o conselheiro João Alfredo Corrêa de Oliveira, então presidente da Província de São Paulo, assinou a Lei número 18 que oficializou a Perícia médico-legal no Brasil.

O médico legista é responsável por fazer o exame de corpo de delito em vítimas vivas ou mortas, relacionando-se com os mais diversos campos do direito e elaborando laudos que permitam a análise de fatos ocorridos durante o crime, de armas utilizadas, da causa da morte, entre outros aspectos. Esse laudo auxilia na investigação de cada caso, podendo até fornecer características do criminoso, como também de ser imprescindível na resolução de casos judiciais. As consequências dos ferimentos também são levadas em conta no laudo e no resultado da ação criminal.

Fonte: Portal FMB

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS