escriva-maria-de-fatima-comemora-aniversario-no-sindipol

A escrivã aposentada completou 64 anos. Fátima recebeu o carinho de toda diretoria e dos funcionários do Sindicato dos Policiais Civis. É uma guerreira que marcou época no combate à criminalidade no Espírito Santo.

Querida e respeitada na Polícia Civil, a escrivã Maria de Fátima Coelho se aposentou depois de 35 anos e oito meses defendendo a população capixaba. Entre vários casos, Fátima foi a única mulher presente no grupo de policiais que prendeu Edmilson Cândido do Rosário, na época, o criminoso mais procurado do Espírito Santo.

Nesta quinta-feira (09/05), Fátima fez uma visita ao Sindipol/ES e ganhou uma festa surpresa na sede do sindicato. Para a diretoria é uma honra ter Maria de Fátima Coelho no quadro de sindicalizados.

“Fátima é uma guerreira. A história dela na Polícia Civil só engrandece nossa instituição. Pela sua garra e força, Fátima é um exemplo para todos os profissionais de segurança pública do estado. Merece todas as homenagens possíveis”, disse o presidente do Sindipol/ES, Jorge Emílio Leal.

O departamento de Comunicação do Sindipol/ES já contou parte da história da policial civil no site do sindicato. Veja aqui.

A diretoria do Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo deseja saúde e paz para Maria de Fátima, na certeza que sua trajetória na Polícia é uma inspiração para todos.

 

Clique aqui e veja mais fotos. 

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS!!!