diretoria-do-sindipoles-unida-com-policiais-de-todo-o-brasil-contra-reforma-da-previdencia

A diretoria do Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES) irá a Brasília participar do ato unificado pelo direito do policial de se aposentar. A manifestação será no dia 21 e vai unir profissionais de segurança do país contra a reforma da Previdência.

Milhares de pessoas em todo o Brasil foram para as ruas mostrar que estão insatisfeitas com a política de corte de gastos na educação e com a proposta de reforma da Previdência do presidente Jair Bolsonaro. No próximo dia 21 é vez dos profissionais de segurança. Policiais civis, federais, rodoviários, inspetores penitenciários, agentes sócio educativos, guardas municipais e outros profissionais de Norte a Sul confirmaram presença em Brasília, a diretoria do Sindipol/ES, da Associação dos Agentes de Polícia (Agenpol) e da Associação dos Escrivães de Polícia (Aepes) vão representar os policiais civis capixabas.

Presidente do Sindipol/ES fala para policiais em Brasília.
Presidente do Sindipol/ES fala para policiais em Brasília.

O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo faz parte da União dos Policiais do Brasil (UPB), que em 2017, na época do presidente Michel Temer, conseguiu que o projeto de reforma da Previdência fosse arquivado, garantindo o direito da aposentadoria dos brasileiros. A diretoria do Sindipol/ES esteve na linha de frente das manifestações e convocou diversas caravanas para Brasília. Dezenas de policiais civis saíram de Vitória e protestaram no Distrito Federal.

“No momento estamos com orçamento apertado para custear uma caravana, mas estaremos lá defendendo a aposentadoria dos policiais civis. É a nossa missão. Por isso e para isso existe o Sindipol/ES, para defender nossa categoria e exigir valorização. Não podemos aceitar perder direitos. Se os direitos que temos garantidos em lei já não são respeitados pelo governo, como o reajuste anual de salário, por exemplo, como podemos aceitar mais cortes? ”, explicou Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES.

 O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo esclarece que o ato em Brasília é em defesa da categoria e do direito de aposentadoria dos trabalhadores, não tem bandeiras partidárias.

mileip brasilia
Vice-presidente do Sindipol/ES ocupando Congresso em Brasília

“ Vamos unir forças com policiais de todo o Brasil mais uma vez. A verdade é que os profissionais de segurança estão se sentindo traídos pelo presidente. Ano passado, ele até gravou um vídeo conosco dizendo que votaria contra a reforma da Previdência do Temer se ela fosse ruim para os policiais. Agora, o que Bolsonaro está propondo é algo ainda pior. Não vamos aceitar”, finalizou Humberto Mileip, vice-presidente do Sindipol/ES.

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS!!!