colonizacao-do-solo-espirito-santense-funcionamento-da-sede-administrativa-do-sindipoles

O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES) informa aos seus sindicalizados que em virtude do ponto facultativo da próxima quinta-feira (23), a Sede Administrativa do sindicato não terá expediente. Já a Sede Recreativa irá funcionar normalmente e estará de portas abertas para receber todos os sindicalizados, dependentes e amigos.

História da Colonização do Solo Espírito-santense

O dia 23 de maio marca a chegada de Vasco Fernandes Coutinho, o primeiro donatário da capitania do Espírito Santo que desembarcou no Monte Moreno, em Vila Velha, em 1535. A chegada do donatário a bordo da caravela Glória, juntamente com seus mais de 50 tripulantes deu início a história da colonização do Estado.

De imediato os colonizadores tiveram de enfrentar o primeiro contratempo: a reação hostil dos índios. Então, para se defender, construíram uma paliçada em torno do local onde levantaram as primeiras casas para abrigar a comitiva que veio com o donatário.

Devido à grande resistência dos índios, que impediam o crescimento do povoado, e após um longo planejamento, Vasco Coutinho concluiu que não haveria melhor lugar para instalar a nova Vila do que a ilha de Santo Antônio, que hoje é a cidade de Vitória.

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS