sindipoles-29-anos-representando-os-policiais-civis-do-espirito-santo

Nesta terça-feira (11), o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES) celebra 29 anos. São quase três décadas de luta pelos direitos dos profissionais da Polícia Civil capixaba. Ao longo da história, o Sindipol/ES foi responsável por diversas mudanças positivas para a categoria, graças a dedicação e o trabalho das diretorias que representaram os policiais civis nesse período.

O Sindipol/ES destaca a criação de novos cargos e o reconhecimento do nível superior devido a complexidade das atividades desenvolvidas, a mudança na estrutura e da organização da Polícia Civil, a incorporação de 12 horas na escala especial, as mudanças na Lei de promoção e da tabela de subsídio, o reconhecimento da aposentadoria especial para ambos os sexos e a criação da categoria “Especial”.  

“Os últimos anos foram de muita dificuldade para toda a categoria e, mesmo com todas as dificuldades, o Sindipol/ES sempre se manteve forte e atuante no diálogo com o governo do estado e até mesmo em Brasília por uma Polícia Civil cada vez mais forte, eficaz e cidadã”, disse, Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES.

Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES
Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES

Em 2019, após 19 anos de batalhas judiciais com o governo, as policiais civis capixabas irão receber o pagamento na Ação de Contingenciamento. O pagamento foi homologado para mais de 2.300 policiais civis. É mais um importante Vitória. Veja a matéria.

LUTA EM BRASÍLIA

Assim como fez na gestão do presidente Michel Temer, nos últimos meses, o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo esteve presente em Brasília e participou ativamente, com a Cobrapol e policiais de todo o país, dos movimentos contra a Reforma da Previdência. 

mileip brasilia
Humberto Mileip, vice-presidente do Sindipol/ES, na linha de frente em Brasília

“Nós do Sindipol/ES buscamos atuar em diversas esferas, sejam municipais, estaduais e federal, sempre com o objetivo de fortalecer a categoria na luta pela defesa da sociedade. Vamos sempre continuar firmes nesta batalha”, disse Humberto Mileip, vice-presidente do Sindipol/ES.

INSPEÇÕES SINDICAIS

A diretoria do Sindipol/ES realizou diversas inspeções que revelaram as condições precárias e os ambientes insalubres de trabalho dos policiais civis.  O Sindipol/ES formalizou uma denúncia junto ao Ministério Público do Trabalho que criou uma Força Tarefa para avaliar a situação de 38 unidades policiais.

Desde então, delegacias foram reformadas, plantões voltaram a funcionar e outras unidades estão sendo transferidas para locais melhores, como é o caso da Regional de São Mateus e Colatina.

O SINDICATO É PATRIMÔNIO DO POLICIAL CIVIL

Aloísio Fajardo, diretor financeiro do Sindipol/ES.
Aloísio Fajardo, diretor financeiro do Sindipol/ES.

Ao longo desses 29 anos é inquestionável que muita coisa mudou. Hoje, o Sindipol/ES possui um corpo jurídico altamente qualificado, uma sede administrativa integrada à sede recreativa e um dos três melhores estandes de tiro do Brasil, segundo especialistas.

 “Apesar de todas as conquistas, ainda lutamos pela data base, reposição salarial com base na inflação e por melhores condições de trabalho. Só conseguiremos avanços significativos, como já conseguimos, com a categoria forte e unida. Por isso é importante que o policial civil, seja sindicalizado. Nossos direitos são conquistados e as lutas irão continuar”, disse Aloísio Fajardo, diretor do Sindipol/ES.

O presidente do Sindipol/ES, Jorge Emílio Leal, destacou a importância da união e falou os momentos difíceis vividos pelos policiais civis capixabas.

“É um orgulho muito grande representar todos os policiais civis do estado do Espírito Santo. Muitos são os desafios, mas nossa vontade de uma polícia cada vez melhor supera as adversidades. No entanto, somente unidos iremos conquistar e manter nossos direitos, garantias e prerrogativas.  Precisamos de condições estruturais de trabalho, concurso público, investimentos em recursos materiais e humanos, mas acima de tudo, precisamos nos unir, por que se juntos somos fortes, mas unidos somos imbatíveis”, concluiu.

O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo completa 29 anos, e nessa data tão marcante é impossível não lembrar dos profissionais que também fizeram história no Sindipol/ES. Por isso, agradecemos a todos os presidentes e diretores que lutaram e fizeram do Sindipol/ES a única organização que representa todos os policiais civis capixabas.

 

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS!!