policia-civil-capixaba-vai-ter-acesso-ao-sistema-de-impressoes-digitais-da-policia-federal

A parceria vai aumentar a capacidade da Polícia Civil de identificar criminosos no estado. Os policiais capixabas terão acesso a todo o banco de dados nacional que compara digitais por meio biométrico com mais de 22 milhões de cadastros.

O convênio foi assinado no último dia 10. Oficialmente, a Polícia Civil do Espírito Santo já está utilizando o Sistema Automatizado de Identificação por Impressões Digitais (Afis) da PF.

O sistema possibilita pesquisar em um banco de dados as imagens das impressões digitais de criminosos de todo o País. Cada imagem que a máquina dispõe é rigorosamente verificada pelos peritos da unidade. O recurso tem facilitado o trabalho da perícia e permitido laudos com 100% de certeza da autoria de crimes.

Ao realizar a coleta de fragmentos de impressões digitais em um local de ocorrência, essas informações são digitalizadas e inseridas no sistema Afis que faz uma pesquisa no banco de dados criminal que permite comparação automática das impressões digitais. O governador do Espírito Santo disse que esse é um passo importante para melhorar a estrutura da Polícia Civil com tecnologia.

“Esse acordo para retomada da utilização dos dados da Polícia Federal é muito importante, pois nos ajuda a integrar o trabalho. Quero agradecer à Polícia Federal por nos proporcionar esse acordo e nos garantir maior eficácia no combate à criminalidade”, afirmou Renato Casagrande.

Para o presidente do Sindipol/ES, Jorge Emílio Leal, a medida é importante, mas a Polícia Civil precisa de ainda mais para se reestruturar.

Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES
Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES

“A instituição sofreu nos últimos quatro anos, no governo Paulo Hartung, com a falta de investimentos, o que sucateou a Polícia Civil do estado. Hoje, o que temos são delegacias em péssimas condições e policiais sobrecarregados e trabalhando, inclusive, em desvio de função. Proporcionar acesso ao bando de dados da PF é muito interessante, mas ainda é só um começo. O governador prometeu em campanha investir na Polícia Civil e nos policiais. Vamos sempre lembra-lo”, finalizou o presidente do Sindipol/ES.

 

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS!!!