urgente-ipajm-prorroga-o-prazo-ate-0909-para-o-recadastramento-de-2019

O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo informa que os servidores com as letras iniciais de “J” até “M” que não fizeram recadastramento no Instituto de Previdência do Estado (IPAJM) terão o pagamento suspenso. A regularização deve ser feita até 09 de setembro de 2019.

Confira aqui a relação nominal dos beneficiários – J a M – que estão pendentes com o recadastramento!

Os aposentados e pensionistas que ainda não fizeram a prova de vida e o recadastramento terão até 09/09/2019 para cumprir as etapas. Após está data, o pagamento será suspenso até que a situação seja regularizada.

A orientação para os aposentados e pensionistas que já estão com o pagamento suspenso é ir ao IPAJM e solicitar a regularização do cadastro. Só depois de regularizar o cadastro o pagamento será liberado na folha do mês seguinte, incluindo os vencimentos retroativos, se houver.

IPAJM JÁ CONVOCOU O ÚLTIMO GRUPO

O Sindipol/ES também informa que os servidores públicos do último grupo (letras de N a Z) já foram convocados para fazer recadastramento 2019, que vai até o dia 10 de setembro. Quem não fizer também terá o pagamento suspenso.

Clique aqui e confira lista!

COMO SÃO AS ETAPAS?

Após a convocação do IPAJM, os beneficiários passam por duas etapas. Na primeira, a pessoa deve comparecer em qualquer agência do Banestes portando um documento de identificação com foto (RG ou CNH), e o número funcional. Essa é a primeira etapa, a prova de vida.

A segunda etapa é feita online, pelo site do Instituto. É parte do recadastramento, com a atualização de dados dos beneficiários aposentados e pensionistas.

O policial civil ou pensionista da PC/ES sindicalizado sem acesso à internet e com dificuldade para fazer o recadastramento do IPAJM pode procurar a sede Administrativa do Sindipol/ES, das 09:00 às 17:00 ou entrar em contato pelo número 27 3323-1658 ou 27 3323-1844.

Além disso, o IPAJM afirma que em casos de dificuldade de locomoção até uma das agências Banestes podem entrar em contato com instituto através do telefone 0800 028 366 40 ou 3201-3180 e solicitar uma visita domiciliar.

“FORÇA, UNIÃO E LUTA”