perito-criminal-capixaba-vence-um-dos-maiores-premios-do-brasil

O perito criminal sindicalizado, Carlos Chamoun, foi um dos vencedores do Prêmio Espírito Público, na categoria segurança. O prêmio é o reconhecimento do trabalho feito por Chamoun na Polícia Civil do Espírito Santo, que serve de exemplo para o Brasil.

Em 2019, 1.049 profissionais foram indicados ao Prêmio Espírito Público. Mais de 160 jurados tiveram a difícil missão de escolher apenas 18 histórias de profissionais que se dedicam ao serviço público no país, e entre os premiados está o policial civil capixaba.

Carlos Chamoun é perito Criminal, Biólogo e a sua tese de doutorado é de extrema importância para as forças de segurança do país, por isso, foi eleita a melhor do Brasil em 2016. Chamoun pesquisou e desenvolveu uma técnica para resgatar o DNA do esperma de estupradores em larvas, durante o processo de decomposição dos corpos.

A tese inédita do policial civil sindicalizado foi eleita a melhor do Brasil na área forense pela Sociedade Brasileira de Ciências Forenses (SBCF) e como reconhecimento, Carlos Chamoun está entre os três premiados na categoria segurança, no Prêmio Espírito Público.

O departamento de comunicação do Sindipol/ES já fez diversas reportagens falando sobre o importante trabalho do perito criminal que no período do doutorado, precisou vender objetos pessoais para estudar. Na época, o pedido de afastamento remunerado foi negado pelo então chefe de polícia.

1 chamoun m

“Para poder me manter, tive que vender um carro e uma moto para custear as passagens aéreas semanais ao Rio. A reversão para licença remunerada veio apenas no governo Casagrande, o que foi um alento, pois as despesas eram grandes demais. Se eu não fosse professor, nos dois primeiros anos de doutorado, não teria conseguido manter a mim e minha família (esposa e 3 filhos). A bolsa de doutorado da FAPES também me ajudou bastante”, lembrou o Perito Criminal.

Depois disso, o policial civil capixaba venceu o Prêmio Nacional de Ciência Forense e agora o Prêmio Espírito Público.

 

“Para o Sindipol/ES é um orgulho muito grande ter Carlos Chamoun no nosso quadro de sindicalizados. Ele é um exemplo de policial civil que se dedica ao máximo para melhorar o serviço prestado a população”, finalizou Aloísio Duboc Fajardo, presidente do Sindipol/ES.

“FORÇA, UNIÃO E LUTA”