%ef%bb%bf-perito-capixaba-e-destaque-entre-os-vencedores-do-premio-espirito-publico

O perito criminal sindicalizado, Carlos Chamoun, foi o vencedor do Prêmio Espírito Público na categoria segurança e um dos escolhidos para ser destaque na cerimônia de premiação que aconteceu no final de outubro, em São Paulo. 

Carlos Chamoun é o criador de uma técnica que permite resgatar o DNA do esperma de estupradores em larvas, durante o processo de decomposição dos corpos das vítimas. Com a pesquisa, o perito criminal foi indicado e recebeu alguns prêmios, entre eles, o Prêmio Espírito Público.

Em 2019, 1.049 profissionais foram indicados ao Prêmio e mais de 160 jurados tiveram a difícil missão de escolher apenas 18 histórias de profissionais que se dedicam ao serviço público no país, entre os premiados está o policial civil capixaba, que também foi homenageado na cerimônia de entrega do prêmio.

177859b4-aab9-47a8-b419-0b0f15989549

“Foi uma grata surpresa estar entre os homenageados, pois todos os vencedores têm trajetórias fantásticas. Agora o trabalho continua, a ideia é colaborar para uma melhor estruturação da perícia criminal. Temos muita gente boa subutilizada na perícia criminal e querendo fazer o melhor para a sociedade”, disse Chamoun.

A pesquisa foi o tema de Doutorado do policial civil na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e foi publicada em revistas científicas de grande influência em todo mundo. Em 2016, a tese do policial civil capixaba foi eleita a melhor do Brasil na área forense pela Sociedade Brasileira de Ciências Forenses (SBCF).

O prêmio e a homenagem a Carlos Chamoun são o reconhecimento do trabalho feito na Polícia Civil do Espírito Santo e serve de exemplo para todo o Brasil. O Sindipol/ES parabeniza mais uma vez Carlos Chamoun e deseja todo sucesso ao belo trabalho que está sendo realizado, mostrando a importância do perito criminal. 

Foto/reprodução de rede social 

 

“FORÇA, UNIÃO E LUTA”