policiais-aprovam-proposta-de-recomposicao-salarial-em-assembleia

A categoria compareceu à Assembleia Geral Extraordinária na sede do Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo e decidiu aceitar a proposta do Governo que pode chegar a mais de 17% de ganho real até dezembro de 2022.

A maioria esmagadora aprovou a proposta de recomposição salarial. Apenas seis profissionais foram contra e não houve nenhuma abstenção. Os policiais civis do Espírito Santo aceitaram a recomposição salarial de 12%, que será paga entre março de 2020 e dezembro de 2022. Além do percentual de 12%, com a incorporação de 6 horas na escala especial no final de 2022 o ganho real nos salários dos policiais civis pode chegar a 17,11%.

A proposta do Governo aprovada pela categoria foi:

*Pagamento de 4% de recomposição salarial em março de 2020, + 4% em julho de 2021 e + 4% em julho de 2022.

* Revisão Geral Anual com base na inflação em dezembro de cada ano.

* Incorporação de 6 horas na escala especial no final de 2022.

WhatsApp Image 2020-03-05 at 14.48.14 “Não é a proposta ideal, sabemos disso, mas é coerente com a realidade financeira e política do Estado e do país. Os policiais entenderam isso. Foram longas rodadas de negociação e não faltou empenho da diretoria para buscar o melhor para os policiais civis capixabas”, disse Aloísio Fajardo, presidente do Sindipol/ES.

“Lembramos que não ganhamos nenhuma atenção ou algo do tipo no governo Paulo Hartung, pelo contrário, foi durante a gestão PH que tivemos a revisão anual de salário negada, um direito que é garantido por Lei. Agora, estamos com as portas abertas, em diálogo constante com a equipe de governo e acreditamos que novos pontos de pauta serão atendidos”, explicou Aloísio Fajardo.

“FORÇA, UNIÃO E LUTA”