sindipoles-e-contra-corte-nos-salarios-de-servidores-publicos-do-brasil

 O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo está em sintonia e têm a mesma posição da Cobrapol e da UPB sobre a proposta de corte nos salários para os funcionários públicos.

Veja aqui a NOTA PÚBLICA do Movimento Acorda Sociedade.

Em NOTA PÚBLICA divulgada na última terça-feira (24/03), o Movimento Acorda Sociedade (MAS) foi contra a Medida Provisória do Governo Federal e defendeu outras alternativas para o país passar pela depressão econômica causada pelo novo Coronavírus.   

WhatsApp Image 2020-03-05 at 14.48.14“Sabemos que a situação é grave e que devemos seguir as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS). Por isso, não faz sentido falar de redução dos salários dos servidores públicos nesse momento delicado. Somos contra. Salário de trabalhador não pode ser cortado, o que deve ser cortado são os privilégios da classe política desse país. Já seria uma grande economia ”, disse Aloísio Fajardo, presidente do Sindipol/ES.

O Sindicato dos Policias Civis do Espírito Santo lembra, que na Reforma da Previdência do governo Bolsonaro os profissionais de segurança pública foram os mais afetados, perderam direitos e mecanismos importantes que garantiam aposentadorias mais dignas aos profissionais de segurança pública no Brasil.

 

“FORÇA, UNIÃO E LUTA”