o-conselho-administrativo-do-ipajm-reforca-pedidos-do-sindipol-ao-governo

Em reunião na quinta-feira (14), os conselheiros do IPAJM reconheceram a importância do governo reavaliar os empréstimos consignados e discutir os critérios para aposentadoria dos profissionais de saúde e segurança pública que forem infectados pela Covid-19. Os conselheiros também pedem que o governo tenha atenção com o serviço voluntário ativo (SVIP).

As informações foram passadas pelo conselheiro e policial civil, Aldeci Stoco de Souza. O Conselho Administrativo do Instituto de Previdência do estado (IPAJM) vai pedir ao governador Renato Casagrande que reavalie os empréstimos consignados dos servidores públicos inativos, ativos e pensionistas. O Conselho propôs a suspensão de parcelas ou a renegociação dos empréstimos com diminuição de juros e, consequentemente, a diminuição nos valores das parcelas.

APOSENTADORIA DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE E DA SEGURANÇA PÚBLICA

O Conselho do IPAJM também demonstrou preocupação com o aumento de casos confirmados de coronavírus e de mortes pela Covid-19 no Espírito Santo. A proposta do Conselho é que a contaminação dos servidores públicos, especialmente as áreas de saúde e segurança, seja declarada como acidente de trabalho ou doença laboral, para os devidos efeitos legais de aposentadoria/reserva.

O Conselho Administrativo lembrou que alguns temas são de conhecimento do governo, já que foram levados pelas diversas entidades de classe, o Sindipol/ES é uma delas. O Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Espírito Santo (Sindipol/ES) encaminhou ofícios ao Governo em que faz uma série de reivindicações em prol da categoria, voltada para o combate à pandemia do novo coronavírus. Veja aqui

COMO FICA O SVIP?

O retorno de policiais civis (aposentados) e militares (reserva) ao serviço voluntário ativo (SVIP) também foi discutido pelo Conselho, que quer saber do governador como ficará a aposentadoria/reserva, destes em caso de morte, doenças contraídas, acidente em serviço, entre outros, já que a legislação vigente não contempla o contexto atual de pandemia.

Por isso, o Conselho administrativo do IPAJM quer saber como ficam os contratos que estabelecem o serviço voluntário de interesse policial (SVIP).

O Sindicato dos Policiais Civis parabeniza os conselheiros por entenderem a importância dos temas apresentados e os impactos na vida, principalmente, dos profissionais de saúde e segurança pública que estão na linha de frente no combate ao novo coronavírus.  O presidente do Sindipol/ES, Aloísio Fajardo, também parabenizou o conselheiro e policial civil Aldeci Stoco de Souza.

“É muito importante participar dessas decisões e debates, por isso, sempre fomentamos a participação dos policiais civis. Stoco tem lutado e deixado a categoria bem informada sobre as decisões referentes ao Conselho Administrativo do IPAJM, é um policial civil preocupado com o futuro da nossa profissão e merece respeito. O Conselho Administrativo reiterou pedidos que o Sindipol/ES já havia feito. Aguardamos um posicionamento oficial do governo”, pontuou. 

FORÇA,UNIÃO E LUTA