policial-civil-de-folga-persegue-e-prende-ladrao-que-tentou-assalta-lo

Uma manhã de domingo ensolarada. Cenário ideal para o lazer de qualquer pessoa. E dessa forma, um policial civil escolheu aproveitar sua merecida folga, pedalando logo cedo. Mas o que era para ser um simples passeio ciclístico virou uma ação digna de filme.

É que o policial, de 34 anos, estava passando com sua bicicleta pela ponte Florentino Avidos (também conhecida como Cinco Pontes), no sentido Vila Velha/ Vitória, quando foi rendido por um assaltante.

“Eu tinha saído de casa para pedalar, aproveitar a manhã de sol. Esse meliante me rendeu, apontou a arma na minha cara, disse que eu tinha perdido e mandou eu entregar a bicicleta e a mochila. Entreguei, falei para ele ficar calmo e, nisso, ele mandou que eu fosse na direção dele, porque provavelmente ele iria me revistar e ia ver que eu estava armado. Aí eu falei: ‘não, está tudo aí com você, pode levar’. Ele montou na bicicleta, pegou a mochila e foi embora”, contou.

…PARECE QUE O JOGO VIROU, NÃO É MESMO?!

O que o bandido não contava é que a vítima era um Cana-Dura. Depois do roubo, o policial civil parou um veículo, se identificou e teve a ajuda do motorista para localizar o assaltante. “Nós saímos em perseguição ao meliante e, em São Torquato, em uma rua bem deserta, conseguimos alcançá-lo. Saquei a arma, rendi ele e dei voz de prisão. Ele chegou a esboçar uma reação, estava com uma arma na cintura, mas foi efetuada a prisão dele”, disse o policial.

Rafael Profeta dos Santos, de 28 anos, foi preso e levado para a Delegacia Regional de Vila Velha. Segundo a polícia, ele já havia sido preso por roubo outras vezes.

Segundo o policial que realizou a prisão, a arma do suspeito era um simulacro muito parecido como uma verdadeira. “Era uma réplica de uma pistola ponto 40, idêntica à real, e você na hora não identifica. Eu, como policial, não consegui identificar a diferença. Ainda mais com a arma na cara, com a tensão do momento, não dá para identificar a diferença”, contou.

Veja também:
Policial de folga ouve “pega ladrão”, para moto e atira em bandido

Policial de folga prende jovem e apreende adolescente suspeitos de furto em MS

Policial de folga prende assaltante em Cachoeiro

POLICIAL CIVIL É POLICIAL 24 HORAS POR DIA!

Para o presidente do Sindicato dos Policiais Civis, Jorge Emílio Leal, o fato ocorrido demonstra o comprometimento integral e a dedicação exclusiva dos policiais civis com a árdua missão que é defender a população capixaba nos dias atuais.

“Essas ações realizadas por policiais durante o período de folga, dão mais do que prova que o policial é policial 24 horas. É comum termos notícias de policiais que, mesmo em horário de lazer, cumpriram com coragem a missão policial, pois o exercício da função exige um regime de dedicação exclusiva e comprometimento integral, como atividade essencial de Estado que é a Segurança Pública, segundo dispõe o artigo 183 do Estatuto dos Policias Civis do ES. Também é preciso que se respeite a legislação no que tange o acesso do policial civil aos locais fiscalizados pela polícia civil, onde por inúmeras vezes ocorrem crimes. A ação desse colega foi digna de elogio, pois, realizou, sozinho, a prisão de um criminoso que poderia estar nas ruas fazendo mais vítimas”, disse Jorge Emílio.

Com informações de Folha Vitória

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS!