sindipoles-agradece-mais-uma-vez-o-apoio-da-marinha-do-brasil

Em um ato filantrópico e humanitário, a Escola de Aprendizes Marinheiros do Espírito Santo (EAMES) informou que 14 alunos vão doar sangue para o policial civil Job Tadeu Dalla Bernardina. O nobre companheiro foi baleado na última terça-feira (18), quando sofria uma tentativa de assalto.

A ação só foi permitida graças ao Investigador de Polícia aposentado e sindicalizado Ricardo Sérgio Delgado Falcão que entrou em contato com o Comandante da EAMES, Capitão de Fragata Fábio Casaes Passos e com o SubOficial Duarte e viabilizou todo processo. Também em um gesto nobre e solidário, o delegado Danilo Bahiense disponibilizará um transporte para os marinheiros comparecerem ao local de doação.

Essa bela atitude só vem a reforçar o valor e o respeito da Marinha do Brasil com a população brasileira fazendo jus ao lema da nobre instituição “Protegendo nossas riquezas, cuidando da nossa gente”.

O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES) agradece imensamente ao delegado, ao investigador, ao Comandante, ao SubOficial, a Escola de Aprendizes Marinheiros e a Marinha do Brasil por esse ato filantrópico e humanitário.

“É gratificante ver mais esse belo gesto da Marinha do Brasil com os policiais civis, uma vez que também ajudaram nosso amigo Avelino. Ficamos felizes e honrados por receber o apoio dessa instituição centenária. Gostaria de agradecer a todos pela solidariedade com o companheiro Job Tadeu”, disse, Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES.

 

 

Foto/Divulgação

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS