caso-thayna-sindipoles-parabeniza-policiais-civis-pela-brilhante-atuacao

O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES) vem a público parabenizar todos os profissionais da Polícia Civil capixaba que atuaram direta e indiretamente nas investigações do desaparecimento da menina Thayná, de 12 anos.

O Sindipol/ES reforça que as investigações envolveram policiais civis de diversas delegacias, que se dedicaram integralmente para dar uma resposta rápida a família da menina e a toda sociedade. Inclusive, policiais capixabas estavam há dias em Porto Alegre, no sul do país, longe de casa e da família, acompanhando as buscas ao acusado por esse crime tão bárbaro e brutal.

Para o Sindipol/ES, o trabalho dos policiais capixabas só reforça a importância da Polícia Civil como pilar da segurança pública. Por isso, além de elogiar, essa organização sindical também lembra que a PC/ES passa por uma crise sem precedentes. Pela ausência de concurso público e de políticas estruturantes, faltam policiais civis para investigar crimes no estado. Além disso, varias delegacias estão em situação precária e os policiais civis estão há anos sem revisão salarial e valorização.

O Sindicato dos Policiais Civis do estado entende que o caso Thayná, assim como a morte da médica Milena Gotardi são exemplos da competência e determinação dos profissionais da polícia judiciária do Espírito Santo. Para o Sindipol/ES, esses exemplos só indicam a necessidade de investimentos na Polícia Civil para que outros crimes sejam investigados e seus culpados presos em nosso estado.

 

Foto/divulgação

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS !!!