tragedia-anunciada-mais-uma-delegacia-arrombada-no-espirito-santo

A última delegacia invadida por bandidos foi a de Cariacica Sede. O crime ocorreu na madrugada desta quinta-feira (16). Esse é o quarto caso de invasão a unidades policiais em 2017. Para o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES), a situação é resultado da falta de uma política de estado que valorize a segurança pública.

Os policiais de Cariacica relataram que a delegacia passou por uma pequena “reforma” na parte elétrica e que a unidade estava bem iluminada na hora do crime. No local, foi encontrado um pé de cabra, instrumento que pode ter sido usado para arrombar o portão de ferro da entrada principal da unidade. O Sindipol/ES questiona a segurança.

“Reparamos que as paredes são de areia, isso significa que os criminosos nem tiveram dificuldade para arrancar o portão principal da delegacia. Tiraram a grade apenas com as mãos, nem quebraram o cadeado”, frisou Humberto Mileip, vice-presidente do Sindipol/ES.

EMÍLIO E MILEIP
Humberto Mileip, vice-presidente do Sindipol/ES (esq) e Jorge Emílio Leal (dir.), presidente do Sindipol/ES

Uma televisão e um aparelho DVD foram furtados pelos criminosos. O presidente do Sindipol/ES, Jorge Emílio Leal, e o vice-presidente Humberto Mileip foram ao local e constataram que um armário também foi arrombado.

“A gente não sabe o que levaram, mas esse armário é usado para guardar inquéritos e anexos, drogas ou armas que foram apreendidas”, explicou.

Delegacia funciona em condições precárias

A 15ª DP de Cariacica Sede atende 74 bairros do município de Cariacica, por isso, é considerada uma das mais movimentadas do Estado. Entretanto, as paredes estão mofadas, com infiltrações e com fios elétricos expostos.

A delegacia de Cariacica Sede funciona de segunda a sexta em horário comercial, mas não tem segurança patrimonial a noite e aos finais de semana. A unidade registra 270 boletins de ocorrência por mês e uma média de 447 inquéritos investigados. Mas a delegacia só tem um delegado, um escrivão e três investigadores, além de duas viaturas, sendo uma caracterizada e uma descaracterizada, em péssimas condições.

Em maio de 2016, a diretoria do Sindicato já havia inspecionado o local. De lá pra cá, o tempo passou e a situação só piorou.

Ano marcado pelo fechamento, invasão de delegacias e pelo colapso da segurança pública no ES

De janeiro até maio de 2017, seis delegacias foram fechadas no Espírito Santo. São elas: São Pedro, Centro, São Torquato, André Carlone, Serra-Sede e Novo Horizonte.

Como se não bastasse o fechamento de unidades policiais, muitas que ainda funcionam foram arrombadas neste ano. Em abril, a delegacia de Santo Antônio, em Vitória, foi invadida. Na ocasião, foram levadas algemas, munição e um monitor.

O mês de agosto foi marcado de forma negativa pela invasão de duas importantes unidades policiais da Grande Vitória. A delegacia regional de Vila Velha foi arrombada por mais de uma vez. Os bandidos levaram R$ 40 mil em dinheiro, fruto de apreensões e pagamento de fianças; além de mais de 20 armas. No mesmo mês, a Delegacia da Mulher da capital também foi invadida.

A falta de uma política de estado que valorize a segurança pública é geral e tem comprometido o serviço de várias forças da segurança capixaba. Em fevereiro, policiais militares fizeram uma manifestação exigindo melhores condições para toda categoria. No mesmo mês, agentes penitenciários e policiais civis realizaram assembleias para debater e adotar medidas contra as péssimas condições de trabalho enfrentadas.

“A situação é lamentável. Hoje as polícias não tem condições de atuar dentro de critérios mínimos, diante do quadro de ausência de investimentos, de recursos materiais, de concursos públicos e da estrutura da unidade policial, que está precária, combalida e comprometida. Então se a polícia não está conseguindo manter nem a segurança de suas próprias instalações, quem dirá da sociedade como um todo, que fica abandonada e desprotegida nas ruas, nas residências e nas suas empresas”, disse, Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES.

 

Veja as fotos da DP de Cariacica Sede

 

 

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS