em-menos-de-tres-anos-10-delegacias-foram-arrombadas-no-espirito-santo

Só em 2017, quatro delegacias da Polícia Civil capixaba já foram invadidas por criminosos. A falta de segurança patrimonial e as estruturas precárias são problemas que tornam as unidades policiais vulneráveis. Em 2015, bandidos arrombaram delegacias e furtaram até armas apreendidas.

A última delegacia arrombada foi a de Cariacica Sede, na madrugada da última quinta-feira (16/11). Criminosos quebraram o portão de ferro e entraram pela porta da frente da delegacia. (veja a matéria).

Além da delegacia de Cariacica Sede, outras três invasões a delegacias capixabas foram registradas na Região Metropolitana de Vitória. A primeira invasão foi em abril na Delegacia de Santo Antônio. Em agosto, foi a vez da Delegacia da Mulher e no dia 31 do mesmo mês a 2° regional de Vila Velha também foi arrombada.

O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES) faz um alerta e denuncia a falta de segurança das delegacias de todo o estado.

“As delegacias arrombadas geralmente funcionam em horário comercial, de segunda a sexta. Porém, à noite essas delegacias não possuem segurança patrimonial, mesmo com drogas e armas apreendidas guardadas lá dentro”, explicou Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol e especialista em segurança pública.

Em 2015 a população capixaba passou por isso também. Foram registradas quatro invasões as unidades da Policia Civil e dois arrombamentos em Batalhões da Polícia Militar, o que colocou em cheque todo o sistema de segurança pública do estado.

A onda de arrombamentos entre maio e junho de 2015 resultou no furto de uma submetralhadora e uma metralhadora ponto 40, revólveres calibre 38, aparelhos de televisão, colete, dinheiro e diversos outros objetos que foram apreendidos. Em 2015, dinheiro de pagamentos de fianças também foram levados de delegacias como a Distrital de Goiabeiras (02/junho), Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente – DPCA (08/junho) e dos Batalhões da Policia Militar de Carapina (31/maio) e São Matheus (30/maio).

Além dessas unidades, bandidos também invadiram a Delegacia de Atendimento Especializado à Mulher (Deam) (maio/junho) e levaram uma arma, coletes, televisores e até a comida dos funcionários. Em 2016, foi a vez da 20° Delegacia de Vila Velha, conhecida como Alfa 10, ser invadida. Ladrões furtaram fios de cobre. Ao todo, somando todos as invasões desde 2015, já foram mais de 10 arrombamentos nas unidades policiais.

“A Polícia Civil do estado precisa mesmo é de políticas públicas estruturantes, não medidas paliativas. As delegacias estão vulneráveis e isso reflete na segurança de toda sociedade e dos próprios policiais”, finalizou o presidente do Sindipol/ES.

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS!!!!