nota-de-repudio-a-pec-287

O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo, organização sindical representante de toda categoria policial civil capixaba, vem a público repudiar veementemente a postura de alguns deputados federais, que mesmo após o povo brasileiro demonstrar toda sua indignação, seguem com o objetivo de aprovar a PEC 287, referente à Reforma da Previdência.

Para o Sindipol/ES, os parlamentares querem enfiar “goela abaixo” essa proposta que só tem a prejudicar o trabalhador brasileiro que não pode ser culpado pela corrupção institucionalizada no país.

Caso a reforma seja aprovada, muitos serão os direitos perdidos pelo trabalhador. O tempo mínimo de contribuição para os servidores públicos será de 25 anos, 10 a mais do que atualmente. A idade mínima para aposentadoria dos homens, por exemplo, será de 65 anos. No entanto, somente com mais de 40 anos de contribuição vão poder receber o valor integral da sua aposentadoria.

No Espírito Santo, os deputados federais Marcus Vicente e Lelo Coimbra já se posicionaram a favor da PEC 287 e contra o povo capixaba. Além disso, os dois parlamentares também votaram pela aprovação da Reforma Trabalhista e contra a denúncia feita ao presidente da república, Michel Temer.

Por fim, o Sindipol/ES repudia o posicionamento de todos deputados federais favoráveis à PEC 287, que ao invés de defenderem o povo brasileiro, continuam a todo momento adotando medidas para prejudicar a nação. DEPUTADO QUE VOTA A FAVOR DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA, NÃO VOLTA!

 

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS