secretario-de-seguranca-diz-que-estado-nao-consegue-controlar-blocos-de-carnaval-no-espirito-santo

A declaração do secretário estadual de segurança pública, André Garcia, foi após um bloco de pré-carnaval terminar em tumulto, quebra-quebra e correria em Vila Velha. O Sindipol/ES acredita que a fala do secretário deixou claro que a falta de políticas de segurança pública deixa a sociedade refém do medo no Espírito Santo.

Além de não garantir a segurança da população em blocos de carnaval, o secretário de Segurança recomendou que os capixabas fiquem em alerta durante os dias de folia. No último domingo (14/01), um bloco de carnaval na orla de Vila Velha terminou com uma viatura quebrada, banhistas roubados em arrastão na praia, confronto entre foliões e policiais e tumulto no trânsito. O evento foi permitido pela Prefeitura, e apesar de não ter sido recomendado pela PM, muitos policiais militares estavam na região.

Carrinho de bebê é destruído na confusão.
Carrinho de bebê é destruído na confusão.

Para o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo, a declaração do secretário de Segurança André Garcia atesta a incompetência e a ingerência do estado, além mostrar claramente a ausência de investimentos e políticas estruturantes capazes de tornar as polícias capixabas mais eficazes. O Sindipol/ES reforça que a população jamais deve ser punida e privada de diversão por causa da falta de planejamento dos gestores públicos.

“A ausência de políticas públicas estruturantes reflete diretamente na falta de segurança da população. A sociedade não pode ficar trancada em casa refém do crime e da criminalidade, enquanto as políciais estão sendo desmanteladas por políticas de governo. Os gestores precisam garantir o direito de ir e vir das pessoas. Garantir segurança pública é direito essencial da sociedade e dever do estado”, pontou Jorge Emilio Leal, presidente do Sindipol/ES.

O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo entende segurança pública como prioridade e repudia a declaração do secretário de Segurança Pública André Garcia. O Sindipol/ES não aceita que a população capixaba fique privada da liberdade e pague um alto preço pela incapacidade política.

 

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS!!!