deputados-aprovam-o-reajuste-de-18-no-salario-do-governador-e-do-seu-alto-escalao

Na última quarta-feira (04), foi aprovado na Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) o aumento de 5% nos subsídios dos servidores públicos do Estado.

Além disso, os deputados aprovaram uma emenda que concede o reajuste de mais 13% nos salários do governador, vice e os secretários de Estado.

Para o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES) a emenda aprovada pela Ales é uma total falta de respeito com todos os servidores do Estado e com a sociedade capixaba.

Com os reajustes, Governador, vice e secretários passam a receber a partir de 1º de janeiro de 2019, o salário reajustado em 18%. Veja abaixo os valores

hUMBERTO CAPA.fw

Segundo a relatora da proposta, Janete de Sá (PMN), a medida foi proposta para atender aos servidores do Executivo que já estão em fim de carreira e não podem, segundo a constituição, receber mais que o Governador.

Conforme o presidente do Sindipol/ES, Jorge Emílio Leal, a proposta que concede o reajuste de 18% ao governador e os servidores do executivo é mais um golpe contra os servidores de todo o Estado que estão há quatro anos sem reajuste salarial e receberam um percentual vergonhoso muito abaixo dos índices inflacionários.

Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES.
Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES.

“Nós devemos mostrar ao Estado que o servidor público merece respeito. Não podemos aceitar esse reajuste de 18% enquanto o policial, professor e os outros servidores recebem o desplante de um valor muito irrisório, como se fosse algo extraordinário”, concluiu.

 

 

 

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS