Na última quinta – feira (17), o investigador de polícia, M. F., foi vítima da falta de preparo e respeito de três policiais rodoviários federais, chegando a ter uma arma apontada para própria cabeça. Ele estava a trabalho, se identificou como policial civil e mesmo assim recebeu ameaças. O jurídico do Sindipol/ES agiu rápido e foi prestar atendimento ao sindicalizado.

Tudo começou quando o investigador estacionou sua viatura descaracterizada para fazer o levantamento de um caso com uma de suas fontes. Ao voltar para o veículo, foi surpreendido por três policias da PRF que cercavam o carro afirmando estar em um local proibido.  

O policial civil informou aos federais que se tratava de uma viatura. No entanto, recebeu como resposta que o carro já havia sido multado. Novamente o policial civil tentou esclarecer a situação. Mas um dos policiais rodoviários, de forma alterada exigiu que M. F. deixasse o veículo.

O investigador, sempre calmo, apresentou sua carteira funcional como prova de identificação, mas sem sucesso. Um dos policiais rodoviários apontou uma arma para sua cabeça e o outro chegou a entrar na parte de trás do veículo exigindo novamente que o policial saísse da viatura. O PRF chegou a dar voz de prisão ao policial civil que se mostrou calmo e buscou sempre cooperar.

Temendo alguma ação por parte de um dos policiais federais, que apontava uma arma a todo momento para cabeça de M. F, o investigador saiu do carro. Viaturas da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Civil chegaram ao local. O sindicalizado foi conduzido à delegacia regional de Laranjeiras para prestar depoimento. O jurídico do Sindipol/ES foi acionado e prontamente advogados e diretores se dirigiram a unidade policial para prestar o atendimento ao seu sindicalizado.

“Temos um grande respeito e admiração pela instituição Polícia Rodoviária Federal e pela sua corporação, mas infelizmente ações de alguns policiais agridem a imagem da PRF. Vamos adotar as providências necessárias ao caso e tomar todas as medidas judiciais cabíveis para defender nosso sindicalizado e impedir que ações como essa se repitam”, disse, Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES.

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS

 

COMUNICADO

Governo anuncia pagamento dos servidores para o dia 24/02 (sexta - feira)

 

CONVÊNIOS

 

Rua Alberto do Oliveira Santos, nº 42, Ed. Ames, Salas 1805 a 1809, Centro Vitória, ES. CEP 29010-901. Tel. (27) 3223-1844