POLICIAL CIVIL CAPIXABA LANÇA LIVRO SOBRE A CARREIRA DE SNIPER

Comunicação SINDIPOL-ES | 16/12/2020

Rodrigo Menezes é agente de Polícia, o único sniper da Polícia Civil do Espírito Santo.

news

Em seu livro, o amigo policial explica em detalhes a história dos snipers nas guerras antigas e nas modernas, a transição para o âmbito policial e as atribuições de um atirador de precisão dentro da Polícia. O lançamento do livro será na terça-feira (22), às 18 horas. O livro se chama “Anotações da Doutrina Policial - Sniper Policial”, é parte da dissertação de mestrado do policial civil. Rodrigo entrou na Polícia Civil em 2010 e logo integrou o grupo de Operações Táticas (GOT), onde se especializou.

FORÇA DE VONTADE E PERSEVERANÇA

Para se tornar um atirador de precisão, Rodrigo Menezes esbarrou na falta de equipamentos dentro da Polícia Civil capixaba, que não possui até hoje um fuzil .308, para fazer o curso, o policial fez contato e pediu emprestado o equipamento para diversas instituições.

“Consegui um sim na Coordenadoria de Recursos Especiais, o CORE da Policia Civil do Rio de Janeiro (CORE). A Polícia Civil carioca também fez a doação de munição. Aí eu fui fazer o curso”, explicou o único atirador de elite da Polícia Civil do Espírito Santo.

Rodrigo treinou com o Comando de Operações Táticas (COT) da Polícia Federal. O curso foi em Brasília, durou 45 dias.

LANÇAMENTO DO LIVRO

O livro “Anotações da Doutrina Policial - Sniper Policial será lançado na próxima terça-feira (22), no Capixaba Grill, em Vitória, a partir das 18 horas. Todos estão convidados.

“Temos um orgulho muito grande. É uma honra saber que um amigo de profissão tão dedicado, está imortalizando seu esforço e marcando o nome na história da Polícia Civil capixaba. Parabéns, Rodrigo”, disse Aloísio Fajardo, presidente do Sindipol/ES.

FORÇA, UNIÃO E LUTA