SINDIPOL/ES E COBRAPOL PEDEM POLICIAIS CIVIS NO GRUPO PRIORITÁRIO DA VACINAÇÃO

Comunicação SINDIPOL-ES | 20/01/2021

news

O Sindicato dos Policiais Civis e a Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis pediram ao ministro da Saúde Eduardo Pazuello, em novembro, a inclusão da categoria no primeiro grupo populacional contemplado pela vacinação contra a COVID-19, além dos demais segmentos já relacionados como os profissionais de saúde, indígenas e idosos.

As organizações que representam os policiais civis capixabas e brasileiros argumentaram que, ao lado dos demais profissionais da segurança e da saúde pública, a categoria esteve e ainda está na linha de frente no combate à pandemia. Por esse motivo, deve entrar no grupo prioritário.

O ministro Pazuello não respondeu ao pedido e segue demonstrando indiferença a categoria que foi base eleitoral do presidente Bolsonaro. Apesar da campanha de vacinação ter começado tardiamente no país e sem a certeza de que terá continuidade, já que foram disponibilizadas poucas doses para os estados e o Brasil ainda depende de insumos de outros países para fabricar mais vacina, o Sindipol/ES segue cobrando a inclusão dos policiais civis nos primeiros grupos de vacinados.

“Mesmo com essa indiferença no tratamento do ministro da Saúde Eduardo Pazuello, acreditamos que o governo estadual vai olhar com carinho para os policiais civis e demais operadores da segurança pública. Vamos cobrar aqui no estado também a inclusão da categoria na vacinação contra o coronavírus”, disse Aloísio Fajardo, presidente do Sindipol/ES.

FORÇA, UNIÃO E LUTA