DESCONTOS DE SEGURO INDEVIDO NO CONTRACHEQUE

O Departamento Jurídico do Sindicato de Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES) faz um novo alerta sobre descontos indevidos na folha de pagamento dos sindicalizados aposentados e da ativa. Um desconto referente a cobrança de seguros não solicitados. 

O Sindipol já pediu oficialmente para que a Delegacia de Defraudações (Defa) investigue a existência de algum crime por parte das empresas: HS Corretora de Seguros, Clube Vitória de Seguros e Casa AS Serviços Públicos Federal, Estadual e Municipal.

De acordo com o presidente do Sindipol, Aloísio Fajardo, os descontos foram descobertos através de ligações de policiais para o sindicato.

“Os policiais que entraram em contato com o sindicato narram desconhecer a origem deste desconto, bem como muitos relatam que sequer autorizaram as empresas referidas em promover qualquer retenção em sua folha de pagamento”, disse.

O chefe do departamento jurídico, Dr. Rodrigo Santos Nascimento falou da atuação do Sindipol no caso e orientou os sindicalizados sobre o processo.

“Em virtude das inúmeras ligações e reclamações dos policiais civis sindicalizados, o Sindipol adotou uma linha de defesa dos policiais. Fez os questionamentos pertinentes à SEGER e IPAJM e depois remeteu para a SECONT narrando a situação e fazendo os questionamentos. Além disso, o sindicato tem ingressado com ações judiciais para suspender os descontos e pleitear as devidas indenizações”, disse.

Para mais esclarecimentos, os sindicalizados que observarem algum desconto não autorizado em seu contracheque podem entrar em contato com o departamento jurídico do Sindipol pelo número (27) 99950-1844.

 

FORÇA, UNIÃO E LUTA