CATEGORIA COMPARECE EM MASSA PARA AGE DO PRECATÓRIO DA TRIMESTRALIDADE

O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo convocou e a categoria marcou presença em peso para acompanhar a Assembleia Geral Extraordinária realizada nesta quinta-feira (04), para tratar do precatório da trimestralidade. A ação já dura longos 32 anos.

O Departamento Jurídico do Sindicato apresentou uma linha histórica desde o início do processo até os dias atuais. Foi explicado que a ação do precatório da trimestralidade é de um advogado particular e referente ao período compreendido entre 1987 e 1990, ocasião em que os servidores públicos do estado não tiveram os seu reajustes automáticos efetivados e, que, portanto, a iniciativa do processo partiu desse advogado à época, uma vez que a criação e o registro legal do Sindipol/ES se deu apenas em 11 de junho de 1990. 

Fique por dentro!
Os “precatórios da trimestralidade” são derivados de ações contra o governo do estado e relacionam-se à Lei Estadual nº 3.935/87 (Lei da Trimestralidade), que previa aumento salarial automático de três em três meses devido à hiperinflação.

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo, Aloísio Fajardo, explicou o motivo da convocação da assembleia. 

“O Sindicato convocou essa Assembleia para que cada beneficiário possa decidir, individualmente, o que for melhor para si, levando em consideração os novos parâmetros de cálculos propostos pelo Conselho Nacional de Justiça. Mesmo essa ação sendo de um advogado particular e o Sindipol não sendo responsável por todo o processo, a Diretoria não mediu esforços para trabalhar em conjunto com todos os atores envolvidos para garantir um melhor resultado para a categoria”, disse Aloísio. 

O Sindipol/ES agradece imensamente pelo comparecimento em massa da categoria e pelo trabalho realizado pela Comissão de Policiais Civis formada pelos amigos Alfredo Vicente Lima do Nascimento, Cleomar Bonincenha, Jânio Araújo, Jorge Araújo e Sérgio Nielsen. 

Atenção!
As procurações e demais documentos devem ser devidamente preenchidos, assinados e entregues até o final de setembro no Sindicato.

Para maiores informações e esclarecimentos entre em contato com o Departamento Jurídico do Sindipol, pelos telefones (27) 3223 1844 e (27) 99950 1844. 

 

FORÇA, UNIÃO E LUTA!