manoel-do-carmo-policial-civil-da-ativa-com-mais-de-38-anos-de-servicos-prestados

Guerreiro e mais de 38 anos na defesa da sociedade capixaba. O investigador de polícia Manoel da Carmo continua na ativa e vem mantendo destaque em sua atuação. Ele é o personagem de hoje da série perfil do sindicalizado.

Tudo começou no ano de 1981, quando ingressou na Polícia Civil capixaba para trabalhar no Departamento de Polícia Judiciária de Vitória. Depois, passou pelo Grupo de Operações Especiais da PC/ES (GOE). Também atuou na Delegacia Patrimonial, Crimes Contra Vida de Cariacica e na Divisão de Roubos a Cargas, onde passou a maior parte de sua carreira.

Foi lá que foi um dos responsáveis pela prisão de um dos maiores ladrões de carga do Estado. “Foi uma grande operação e conseguimos prender essa pessoa que era o maior ladrão de cargas do Espírito Santo naquela época”, disse.

Manoel também recorda uma prisão que marcou sua história. “Houve um caso que marcou o cenário capixaba e foi destaque na mídia durante uma semana. Na ocasião, falavam que um agricultor havia sido morto por uma onça, mas após o trabalho de investigação, concluímos que foram criminosos os responsáveis por seu assassinato”, conta.

Sempre ativo, o investigador é figura certa nos eventos esportivos do Sindipol/ES. Ele sempre participa dos torneios de futebol, e da tradicional pelada de quarta.

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES), Jorge Emílio Leal, trabalhou com Manoel e fez questão de parabenizar o amigo.

Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES, e o investigador, Manoel do Carmo
Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES, e o investigador, Manoel do Carmo

“Manoel é uma grande pessoa. Tive a honra de trabalhar com ele na Delegacia de Roubos a Carga. São mais de 38 anos na ativa defendendo a sociedade capixaba. Gostaria de parabeniza-lo. Para nós do Sindipol/ES é muito bom ter pessoas como ele em nosso quadro de sindicalizados. Ficamos muito felizes com sua presença”, afirmou.

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS