boneca-momo-especialista-faz-alerta-e-da-dicas-sobre-como-lidar-com-criancas

Personagem que teve repercussão em 2018, a boneca Momo voltou. Ela está aparecendo em vídeos infantis com desafios que estimulam a violência e o suicídio. O Sindipol/ES procurou uma psicóloga especialista em criança e adolescente para explicar aos pais e mães como proceder com a família.

Nos últimos dias, a personagem Momo, olhos esbugalhados, boca grande e aparência assustadora ressurgiu, mas agora de uma forma diferente. Segundo relatos, a boneca está aparecendo no meio de vídeos infantis na plataforma do YouTube Kids para dar instruções de como se matar cortando os próprios pulsos e como usar objetos cortantes para atacar os familiares.

Criada como uma brincadeira na internet para assustar as crianças, a imagem da boneca Momo chegou a ser usada por criminosos da paraíba para extorquir cidadãos. Além disso, o suicídio de duas crianças de 9 e 12 anos que recebiam mensagens pelas redes sociais com ameaças acendeu o alerta.

WhatsApp Image 2019-03-20 at 22.28.34

PSICÓLOGA DEFENDE O DIÁLOGO COMO PREVENÇÃO

Pensando sempre na qualidade de vida dos sindicalizados, seus familiares e de toda sociedade, o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES) buscou informações com a psicóloga infantil Juliana Kerckhoff. A especialista em criança e adolescente falou da vigilância dos pais no uso dos aparelhos eletrônicos como prevenção.

“A principal recomendação é atenção e cuidado dos pais na prevenção. Não adianta tentar restringir que a criança tenha o acesso aos aparelhos, mas é preciso estabelecer um tempo no uso e de acesso a internet, fazer o monitoramento e até mesmo uso compartilhado dos aparelhos com os filhos”, defende a especialista.

Juliana ainda reforça a necessidade do diálogo com os filhos e frisa que ao perceber qualquer problema ou alteração de comportamento, os pais devem procurar ajuda de um especialista.

“Mostrem às crianças claramente do que se trata e qual o procedimento deve ser adotado em relação à Momo. Priorizem as plataformas que têm a menor incidência de riscos e voltadas para a idade da criança e se surgir algum sinal diferente ou comportamento atípico é aconselhável buscar  ajuda de um profissional”, disse.

Outras dicas para proteger crianças e adolescentes da boneca Momo :

– Observe o comportamento e o corpo das crianças;

– Crie a rotina de assistir aos vídeos juntos;

– Procure acessar o histórico do conteúdo assistido;

– Instrua a criança a usar a internet sem fones de ouvido e próxima a um responsável;

– Não conversar com os filhos no calor da emoção e busque sempre um diálogo pacífico;

WhatsApp Image 2019-03-20 at 22.28.29

 

“Nós, policiais civis, também somos pais, mães e zelamos pela segurança dos filhos de todo cidadão do estado.  Agradecemos a Psicóloga Juliana Kerckhoff pelas orientações”, finalizou Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES.

 

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS