detran-publica-orientacoes-sobre-a-reposicao-de-placas-perdidas

Devido as fortes chuvas que caíram no Espírito Santo nesta semana, muitos veículos perderam suas placas de identificação. Em publicação no Diário Oficial desta quinta-feira (19), o Departamento de Trânsito (Detran-ES) explicou algumas orientações que os motoristas devem seguir para repor o objeto e assim evitar multas.

O que fazer?

O proprietário do veículo deve se dirigir a uma empresa fabricante de placas credenciada ao Detran|ES e solicitar a ‘placa de reposição’. Deverá ser apresentado o documento do automóvel e a carteira de identidade original com foto.

Para fixação da placa dianteira não é necessário ir até o Detran|ES. Já se for a traseira, que possui lacre controlado por numeração, após a compra da placa na empresa fabricante credenciada ao órgão, é necessário ir até a Ciretran ou Posto de Atendimento Veicular (PAV) com o veículo para realizar a vistoria e aplicação do lacre. O proprietário deve levar o Certificado de Registro de Veículos (CRV) original e cópia , o documento de identificação oficial com foto e o comprovante de residência atualizado. Ambos originais e cópias. O serviço é gratuito.

“É importante o registro do boletim de ocorrência a fim de evitar problemas maiores ao motorista, que pode sofrer com a má utilização das placas. Pessoas podem usar as placas para crimes, e outras coisas. Portanto, é muito importante o registro do boletim de ocorrência, disse, Jorge Emílio Leal”, presidente do Sindipol/ES.

 

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS