SINDIPOL/ES BUSCA APOIO DE DEPUTADOS E APOIA EMENDA À REFORMA ADMINISTRATIVA

Comunicação SINDIPOL-ES | 30/04/2021

news

O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES) está fazendo contato com os parlamentares capixabas em Brasília para que a emenda proposta por diversas instituições que representam os profissionais de segurança pública do país seja aprovada. A emenda à PEC 32/2020 minimiza os impactos da Reforma Administrativa do Governo Federal.
 

De acordo com o presidente do Sindipol/ES, Aloísio Fajardo, o texto apresentado na emenda foi elaborado em conjunto a Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol) e com diversas Federações Nacionais de Guardas Penitenciários, Sócio Educativos e Peritos, por exemplo. Ele explicou que a proposta já foi analisada pelos técnicos legislativos do gabinete do Deputado Léo Moraes e protocolada.
 

 “A Reforma Administrativa nos moldes que foi proposta pela equipe de Governo, vai causar um grande desmonte dos serviços públicos. Basicamente, a Reforma vai entregar para a iniciativa privada a saúde, educação e segurança, o que vai perpetuar o velho apadrinhamento político”, explicou Aloísio Fajardo, presidente do Sindipol/ES.
 

REFORMA ADMINISTRATIVA

O texto apresentado pela equipe Econômica do ministro Paulo Guedes, prevê, entre outras mudanças, o fim da estabilidade de carreira, o fim dos concursos públicos e determina corte de salários. Em contrapartida, impõe o sistema de contratação temporária.
 

Para o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo, são medidas que além de piorar a qualidade do serviço público, privilegiam setores com custo muito maior para os cofres públicos. Aloísio Fajardo, explicou que o corte vem justamente para os funcionários públicos com os menores salários.
 

“Juízes, militares das forças armadas e os políticos, por exemplo, com salários-base acima de R$15 mil reais, foram excluídos da Reforma. As medidas impactam nos funcionários públicos com salários-base entre R$ 3 e R$ 5 mil reais, como professores, enfermeiros, assistentes sociais e policiais. É justo com quem dá a vida para proteger a sociedade?”, questionou o presidente do Sindipol/ES.
 

Por isso, as entidades que representam os profissionais de segurança pública do Brasil estão buscando o apoio dos deputados federais. O Sindipol/ES irá relacionar os parlamentes que apoiaram os policiais civis capixabas, os que não apoiaram e os que não definiram opinião e vai divulgar nas redes sociais para que toda categoria saiba a posição dos deputados do estado.
 

FORÇA, UNIÃO E LUTA





Endereço: BR-101, S/N - KM 272
Jardim Carapina, Serra - ES, 29161-793 Telefone: (27) 3223-1844



Copyright © All rights reserved | This template is made with by 7SISTEMAS