PROJETO DE LEI GARANTE ARMA PARA POLICIAIS CIVIS APOSENTADOS

Comunicação SINDIPOL-ES | 07/06/2021

news

Atendendo ao pedido do Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES), o deputado estadual Danilo Bahiense, apresentou um projeto de lei que permite os profissionais de segurança pública permanecerem com suas armas de fogo de porte pessoal após aposentadoria ou afastamento.


Para o Sindipol/ES, o Projeto de Lei 229/2021 garante segurança aos profissionais que, durante o exercício da função, arriscaram as próprias vidas para defender a sociedade. De acordo com a proposta apresentada pelo deputado estadual Danilo Bahiense, que é delegado aposentado da Polícia Civil capixaba, após suas aposentadorias ou transferências para a inatividade, os policiais poderão alienar as armas de porte pessoal por venda direta.


“O policial utiliza sua arma de fogo durante muitos anos durante o trabalho na Polícia Civil. Essa arma faz parte da vida do policial. Eu trabalhei na Divisão de Homicídios por quase sete anos, utilizei minha arma de fogo que me salvou de muitas situações perigosas”, explicou o parlamentar.

Danilo Bahiense disse ainda que uma proposta idêntica foi apresentada e aprovada no estado do Mato Grosso.


“Essas armas não serão doadas. Elas serão vendidas aos nossos policiais de maneira parcelada. No estado, as armas de fogo utilizadas pelas Polícias, em especial, pela Polícia Civil, são doadas para as guardas municipais. Por isso, nada mais justo do que ficar com a arma que o acompanhou durante muitos anos”, disse Danilo Bahiense.


A diretoria do Sindicato dos Policiais Civis agradece ao deputado por fazer da proposta apresentada pelo Sindipol/ES um Projeto de Lei.


“É um Projeto de Lei que vai beneficiar não só os policiais civis, mas todos os profissionais de segurança pública do estado. Mais do que justiça, a proposta garante segurança aos policiais civis que, durante toda sua trajetória, investigou e prendeu criminosos perigosos. Por isso, é importante que ele possa se defender mesmo após sua aposentadoria”, disse Aloísio Fajardo, presidente do Sindipol/ES.


DEPUTADO TAMBÉM DEFENDEU OUTRAS PROPOSTAS DO SINDIPOL/ES

Além da proposta de alienação do armamento por venda direta, o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo também sugeriu as possibilidades da doação das armas ou cessão de uso para os profissionais de segurança pública.


O deputado Danilo Bahiense também defendeu as propostas na Assembleia Legislativa do estado. Para o Sindipol/ES, a doação das armas é a proposta mais viável para os profissionais e uma última forma de valorizar e garantir a segurança o policial civil.


“Agradecemos o deputado Danilo Bahiense por essa força. Por reconhecer em algo que parece pequeno, uma forma grandiosa de valorizar o policial civil no fim da sua jornada em defesa da população”,  finalizou Aloísio Fajardo.
 


FORÇA, UNIÃO E LUTA





Endereço: BR-101, S/N - KM 272
Jardim Carapina, Serra - ES, 29161-793 Telefone: (27) 3223-1844



Copyright © All rights reserved | This template is made with by 7SISTEMAS