SINDIPOL RECEBE POLICIAIS CIVIS AUTORAS DO LIVRO

O Sindipol/ES recebeu na tarde desta quinta-feira (9), as ilustres visitas da Escrivã Aposentada Marta Silva Vieira da Costa (Martinha) e da Investigadora Arcangela Pivetta dos Santos, duas das autoras do livro Inocência Violada. O delegado aposentado Adelias Vieira da Costa e o presidente da Associação dos Escrivães do Espírito Santo, Thomaz Altoé, também marcaram presença no encontro. 
 

A ideia inicial da obra surgiu no ano de 2006, e é uma coletânea de crônicas divida em três partes que, de forma proposital, mistura realidade e ficção para não identificar as vítimas.
 

“Ele é impactante e atual. Apesar de complexo, o tema é tratado com uma linguagem simples. São 145 páginas onde destrinchamos os possíveis motivos que levaram a este tipo de violência, a partir do perfil do predador ou abusador sexual. Geralmente, são pessoas acima de qualquer suspeita”, disse Martinha. 


 

O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo apoia, incentiva e divulga iniciativas artísticas e cultutrais dos nossos policiais civis. O sindicato tem um projeto de criar a Biblioteca do Sindipol/ES, disponiblizando ao público obras de autoria dos nossos sindicalizados bem como livros relacionados ao tema da segurança pública. 


“O livro Inocência Violada' é um trabalho de extrema importância e relevância para toda população, que faz um alerta aos pais e responsáveis, destacando importantes sinais que uma vítima pode apresentar. Recomendamos a leitura e, em breve, sortearemos um exemplar para os nossos sindicalizados. Ainda temos o objetivo de criar uma biblioteca para valorizar e deixar registrado as manifestações artítiscas de nossos policiais", disse o presidente do Sindipol/ES, Aloísio Fajardo. 
 

Livro: Inocência Violada - Editora GSA
Autoras: Maria Aparecida Rasseli Sfalsini, Marta Silva Vieira da Costa, Arcangela Pivetta dos Santos e Ariane Rasseli Sfalsini.
Onde comprar: Amazon ou pelo telefone (27) 98886-0058 – Martinha.

 

FORÇA, UNIÃO E LUTA!