RETROSPECTIVA 2021 SINDIPOL/ES: 1º PARTE

O Departamento de Comunicação do Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo listou as principais ações da diretoria em 2021 em prol da categoria.

A retrospectiva começa lembrando do esforço da diretoria do Sindipol/ES para que os policiais civis recebessem o pagamento da ação judicial do Contingenciamento em janeiro.

O Sindipol/ES fez uma ponte para preservar a saúde e dar conforto aos policiais civis sindicalizados e não sindicalizados, levando ao banco Banestes a relação dos beneficiados e seus respectivos dados, permitindo que as transferências fossem feitas sem a necessidade do policial sair de casa.

Foram 20 anos de muito empenho das diretorias e dos advogados que acompanharam essa ação judicial exclusiva do Sindicato dos Policiais Civis do estado. Os valores começaram ser depositados no final de janeiro.

Ao todo, mais de 2.300 policiais foram beneficiados e receberam em torno de R$ 8 a R$ 15 mil, incluindo delegados, investigadores, médicos-legistas e peritos criminais, entre outros cargos.

A diretoria do Sindipol/ES também conseguiu finalizar e agilizar o pagamento da ação judicial do Crédito Rotativo, outra batalha na justiça que se estendeu por mais de 20 anos. Na primeira etapa de pagamento, os policiais civis sindicalizados ganharam prioridade, reforçando o compromisso do Sindipol/ES com seus apoiadores.

O Banestes fez o depósito online nas contas dos mais de 700 policiais civis sindicalizados que encaminharam os dados para o Sindipol/ES. Além das vitórias históricas com a conclusão das ações judiciais do Crédito Rotativo e do Contingenciamento, o Departamento Jurídico do Sindipol/ES seguiu atuando e conseguindo resultados importantes para a categoria.

Conseguiu, inclusive, reverter uma decisão judicial sobre a transferência de um policial civil.

Esses foram apenas alguns exemplos das ações tomadas pelo Sindipol/ES em 2021 na luta pelos direitos e prerrogativas dos Policiais Civis capixabas. Na próxima vamos falar da pandemia.

FORÇA, UNIÃO E LUTA