SINDIPOL, AEPES E AGENPOL ENCAMINHAM OFÍCIO AO GOVERNO SOLICITANDO A INCORPORAÇÃO DAS ÚLTIMAS 06H DE ESCALA ESPECIAL

Os presidentes do Sindicato dos Servidores Policiais Civis do Estado do Espirito Santo (Sindipol/ES), da Associação dos Escrivães de Polícia Civil (Aepes/ES) e da Associação dos Agentes de Polícia Civil (Agenpol/ES), respectivamente, Aloísio Fajardo, Clóvis Guioto e Paulo Pignaton, encaminharam ofício ao Governo do Estado, no dia 9 de fevereiro de 2022, reivindicando a incorporação das últimas 06h de escala especial no subsídio dos policiais civis.

No Diário Oficial desta quarta-feira (23/02), o Governo publicou a sanção dos Projetos de Lei que estabelecem reajuste salarial para operadores da segurança pública a partir de fevereiro deste ano.

Os dirigentes das três entidades ressaltam, porém, que em 2020 a inflação oficial fechou no percentual de 4,52%, segundo dados do IBGE, sendo que no ano de 2021 o índice acumulado atingiu o patamar de 10,06%. 

“Ante ao contexto delineado, bem como o compromisso firmado por esta administração, colocamos em pauta a pertinência da incorporação da GSE restante de 6h ainda no corrente ano. Importante dispor que tal pleito é viável tanto no aspecto operacional, tendo em vista a existência da ISEO, que possibilita suprir a incorporação da GSE, cabendo aqui destacar ainda as nomeações decorrentes do último concurso, onde ainda existem aprovados a serem convocados.”

O ofício conclui que “lado outro à incorporação da GSE remanescente NÃO trará aumento de despesas na folha de pagamento. Assim é o pleito a fim de que seja promovida a incorporação da GSE remanescente em favor dos policiais civis, como forma de que o acordo alinhavado em 2020 seja efetivamente cumprido.”

 

FORÇA, UNIÃO E LUTA!