policiais-civis-podem-ter-bolsa-estudo-auxilio-saude-e-subsidios-na-compra-de-casa-propria-no-es

O deputado Theodorico Ferraço apresentou o projeto de uma Lei específica para a criação do Projeto “Vida para vida”, que prevê diversos benefícios para policiais civis, militares e bombeiros capixabas.

Reconhecendo a importância do trabalho realizado pelos profissionais de segurança pública do Espírito Santo, o deputado estadual apresentou o projeto “Vida para Vida”, que prevê seis medidas para valorizar policiais e bombeiros.

A primeira medida pede o direito ao acesso à casa própria. De acordo com o projeto, o financiamento seria subsidiado, com parcelas mensais de pagamento de no máximo 10% do salário do policial. A segunda medida diz respeito a formação continuada do policial, algo que sempre esteve na pauta de reivindicação do Sindipol/ES.

O projeto do deputado Theodorico Ferraço pede o direito a bolsas de estudo para os policiais, maridos, esposas e filhos em instituições de ensino superior. As bolsas teriam descontos de até 50% no valor das mensalidades.

O terceiro e quarto ponto dizem respeito a segurança e proteção à família dos profissionais. O projeto Vida para Vida estabelece que o policial preste serviço no município onde resida ou no máximo a 50 km de distância, assegurando direito a passe de transporte gratuito e auxilio alimentação. O projeto também pede autorização para o policial portar arma fora do horário de trabalho.

A exemplo do benefício concedido aos servidores da Assembleia Legislativa, o deputado pede auxílio saúde para os policiais e toda família através de convênios com empresas de planos de saúde. A sexta e última proposta é de isenção de impostos para compra de veículos e nas cobranças de água e energia.

“É com extrema felicidade que recebemos a proposta do nobre deputado Theodorico Ferraço. O projeto Vida para Vida iria compensar anos de desvalorização para os profissionais de segurança pública capixaba”, pontuou Aloísio Fajardo, diretor do Sindipol/ES.

Aloísio Duboc, Diretor Financeiro do Sindipol/ES.
Aloísio Duboc, Diretor Financeiro do Sindipol/ES.

O presidente do Sindipol/ES, Jorge Emílio Leal, disse que seria um grande avanço em respeito ao trabalho prestado pelos policiais aos cidadãos capixabas.

Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES
Jorge Emílio Leal, presidente do Sindipol/ES

“Os policiais civis, militares e bombeiros são profissionais de extrema importância para todo o sistema de segurança pública, mas não são reconhecidos da forma que merecem. Muitos pontos apresentados no projeto já foram levados ao governo nas pautas do Sindipol/ES, como o direito a saúde de qualidade e a formação continuada, por exemplo. Faz tempo que não temos parlamentares que olham pelos operadores da segurança”, finalizou.

A proposta do deputado Theodorico Ferraço foi enviada ao presidente da Assembleia no último dia 19 e precisar ser aprovado pelo governador Renato Casagrande.

JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS!!!